O melhor de Lisboa e Sintra

Max. 8 Pessoas

7h 30min. Max.

1 (Percurso Fácil)

Sugestão para a sua excursão:

O melhor de dois mundos. Este tour dar-lhe-á uma amostra da cidade. Experiencie os belos edifícios e avenidas e disfrute de uma vista da cidade a partir de nossos pontos seleccionados. A atmosfera calma, com grandes praças forradas com cafés. Os famosos pastéis de nata estão esperando por si na "área dos Descobrimentos Portugueses". 40 minutos de Lisboa, situa-se a pitoresca cidade velha de Sintra.

No topo da montanha situa-se o Palácio da Pena (Atração número um). Esta criação gloriosamente enaltecida e fantástica foi construída no século XIX para satisfazer o capricho do marido da Rainha D. Maria. Ele coroa o pico mais alto da Serra de Sintra e devido ao seu perfil extravagante, pode ser visto de muito longe. Explorando este edifício extraordinário é como ser um figurante em um drama de época, em que set de filmagem é real.

No caminho de volta para Lisboa, podemos deixá-lo disfrutar da estrada costeira pitoresca, dependerá de si!

Outras atracções que poderá preferir em vez do Palácio da Pena:

  • Castelo dos Mouros  
    3 (Percurso Difícil)
    Open or Close

    Situado acima da Cidade Velha numa escarpa íngreme, do século VIII, o Castelo dos Mouros acrescenta um caráter dramático na paisagem árida. As suas muralhas, desgastadas pelo tempo, seguem os contornos íngremes da Serra e servem de lembrança de como estrategicamente importante a fortaleza era.

    O Castelo acabou por ser conquistado aos mouros em 1147 por D. Afonso Henriques. O passeio assinalado a partir da igreja de Santa Maria, na cidade, leva os caminhantes através das encostas íngremes e arborizadas para paredes de cortina do castelo. Aqui, uma série de depósitos de cereais mouriscos ficam perto das ruínas de uma igreja cristã medieval e de um cemitério. Dentro das muralhas encontram-se uma antiga cisterna mourisca e as fundações habitacionais muçulmanas.

    As três torres de suporte do castelo, situadas entre muralhas robustas, podem ser escaladas e proporcionar uma vista deslumbrante da cidade abaixo e da costa atlântica. Uma delas, a Torre Fernando, foi baptizada com nome do monarca Português que restaurou as muralhas no século XIX - um verdadeiro rei do castelo.

  • Quinta da Regaleira  
    2 (Percurso Médio)
    Open or Close

    A estrela de Hollywood, Johnny Depp, filmou parte do thriller sobrenatural A Nona Porta dentro desta propriedade fantasticamente paisagística.

    O torreado Palácio dos Milhões assomou-se assustador o suficiente para filmar várias cenas noturnas exteriores em torno da propriedade do final do século XIX - e é a associação do palácio com a mística que atrai os turistas para este inusitado monumento de Sintra. Não é coincidência que a propriedade foi projetada por um cenógrafo teatral, Luigi Manini, que foi contratado pelo milionário excêntrico António A. Carvalho Monteiro para criar um retiro com referências religiosas e símbolos do ocultismo. Enquanto o próprio palácio possui mais o estilo do que de substância, os jardins cercam o de intrigas.

    Escondidas entre lagos e fontes, existem passagens secretas e grutas escondidas e é muito divertido seguir as pistas falsas e becos sem saída. Mas quando finalmente se depara em cima dele, o Poço da Iniciação é tão estranho quanto parece.

    O fundo pode ser acessível a partir de uma húmida escada em espiral; acedendo a um longo túnel, levá-lo-á de volta para a superfície sendo a maneira alternativa para sair da câmara subterrânea.

  • Palácio Nacional de Sintra  
    1 (Percurso Fácil)
    Open or Close

    O mais antigo palácio em Portugal. Um par de chaminés cónicas de aparência estranha distingue o exterior do Palácio Nacional.

    A sua forma estranha chama a atenção no centro da Cidade Velha, onde esta antiga residência real alojava a corte no século XIV. O edifício desvela-se ao longo de vários andares e o passeio começa na majestosa Sala dos Cisnes, assim chamada devido aos cisnes pintados no teto. Mais adiante, a Sala das Pegas homenageia este membro insolente da família do corvo da mesma forma. Veja se consegue contá-los todos. O destaque no piso superior é, sem dúvida, a surpreendente Sala dos Brasões. Este salão deslumbrante é cercado por soberbos azulejos, enquanto que o teto abobadado é embelezado com os brasões das 72 famílias nobres portuguesas.

    E que tal as chaminés? Elas podem ser admiradas, como parte de um telhado cónico, nas cozinhas do palácio, juntamente com uma exposição de utensílios de cobre polido, utilizados para preparar banquetes reais.

  • Palácio de Monserrate
    2 (Percurso Médio)
    Open or Close

    Longe do centro histórico da cidade estão os românticos jardins de Monserrate. Esta propriedade verdejante semi-paisagística é bordada com uma abundância de plantas e arbustos sub-tropicais plantados em torno de um vale esmeralda. As dimensões, de estilo Inglês, do jardim são puramente deliberadas. O ilustre William Beckford, que escreveu o romance gótico Vathek, alugou a propriedade no final do séc. XVII e adicionou as características da fonte que vemos hoje.

    Mais tarde, Sir Francis Cook, importou as árvores extravagantes, acrescentou um relvado corredio e construiu o palácio de estilo mourisco que espreita sobre o relvado verdejante. Escasso em mobiliário, o interior possui bons exemplos de filigrana em gesso.

Este passeio é apenas uma sugestão. Poderá personalizá-lo de acordo com seus interesses e tempo disponível.